Home / Conceitos Segurança Privada / Segurança de Condomínio Residencial: Conceitos e Definições

Segurança de Condomínio Residencial: Conceitos e Definições

Segurança de Condomínio ResidencialO que é Segurança de Condomínio Residencial?

Segurança de Condomínio Residencial é um Sistema Integrado de Segurança voltado para garantia da Segurança Física de um conjunto de residências estabelecidas dentro de um mesmo Perímetro de Segurança Física.

Perímetro de Segurança compreende a linha que contorna a área do terreno onde esta localizado o condomínio e delimita a área interna e área externa.

A delimitação do perímetro de segurança é feita por meio de Barreiras Físicas que evidenciam os limites de acesso a serem protegidos.

Sistema Integrado Segurança de Condomínio Residencial

Sistema Integrado de Segurança pode ser compreendido como sendo as Medidas de Segurança Física, de Segurança Eletrônica e os Procedimentos Internos de Segurança, implantados no condomínio.

O objetivo do sistema integrado de segurança é de proporcionar a sensação e as condições de segurança desejadas.

Um sistema de segurança de condomínio deve levar em consideração além da tecnologia disponíveis,  a arquitetura do local.

Outro ponto fundamental é o cumprimento de procedimentos internos por parte dos moradores e visitantes do condomínio.

Deve-se ter em mente que todos os moradores desempenham um papel importante e interdependente no sistema de segurança implantado.

Espera se dos moradores hábitos adequados de segurança  a fim de contribuir de forma positiva para a segurança do condomínio.

O descumprimento de qualquer procedimento interno por parte de um morador irá comprometer todo o sistema de segurança implementado.

Plano de Segurança de Condomínio Residencial

A elaboração deu um Plano de Segurança para Condomínio Residencial requer profissionalismo e competência adequada, falhas ou negligencias acarretam riscos de vida a seus moradores.

O Plano de Segurança para Condomínio Residencial, deve ser procedido de identificação e avaliação dos potenciais Riscos e Ameaças para Segurança do Condomínio.

O planejamento da segurança deve prever sistema de proteção do perímetro integrado a câmeras, guaritas blindadas e com banheiro, passador de volumes, entradas de condôminos e visitantes com clausuras separadas e vagas exclusivas para veículos de visitantes.

Deve haver um portão para entrada e outro para saída de veículos, com clausura, também monitorados por câmeras.

No planejamento de um sistema de segurança, é importante considerar ainda a logística de serviços do prédio, como:

  • a saída do lixo;
  • prestadores  de serviço;
  • fluxo de entregadores e
  • funcionários das empresas de  luz, água, telefonia e gás.

Controle de Acesso Físico

Uns dos principais pontos da segurança de condomínio residencial é o controle de acesso, que requerem investimentos adequados.

 A  Portaria dos Condomínios devem ser projetadas e construídas de forma a proporcionar um adequado controle de acesso.

Nas ações criminosas, a portaria do condomínio é o primeiro alvo dos marginais e também seu maior obstáculo.

A portaria do condomínio deve ser projetada e utilizada como ponto estratégico para segurança.

A postaria deve reunir equipamentos de última geração, mão de obra qualificada e procedimentos de segurança adequados.

Procedimentos e Normas de Segurança

A atividade de segurança de condomínio deve ser suportadas e amparadas por procedimentos internos e normas de segurança.

Os procedimentos e normas de segurança devem ser aprovadas em assembléia do condomínio, para garantir sua eficiência.

Os procedimentos e normas de segurança devem ser seguidos por todos que desejarem ou precisarem entrar no condomínio.

Os procedimentos e normas de segurança devem ser divulgados através de campanhas internas para potencializar sua aplicação.

Conclusão

 O que motiva ação criminosa  é a possibilidade de ganhos fácil e a fragilidade aparente do sistema de segurança existente.

Quanto maior  o número de obstáculos que um marginal tiver de enfrentar para a invasão, menor será a possibilidade de que ele opte por agir num determinado local.

A segurança de condomínio residencial deve se basear na teoria dos círculos concêntricos, aplicada nos castelos medievais.

Os condomínios devem fazer uso dos diversos meios de segurança física disponíveis a fim de desmotivar potenciais criminosas.

A segurança de condomínios residencias envolve gestão de riscos e adoção de medidas de segurança constantes conforme evolução das técnicas  adotadas pelos marginais.

Deve ser programa ao menos uma revisão anual do plano de segurança adotado no condomínio a fim de adequar suas medidas a realidade do momento.

O plano de segurança, e suas revisões, devem ser feitas por profissionais qualificados e experientes nos assuntos relacionados a Atividade de Segurança Privada.

 

Contribua com o artigo deixando seu comentário logo abaixo, ele é muito importante para o “Nosso Blog”!

Curta e compartilhe as publicações com seus colegas pelas redes sociais, assim estará colaborando para o fortalecimento e reconhecimento da importância da área de segurança.

Navegue em “Nosso Blog” e descubra outros artigos interessantes e úteis para o seu aprimoramento.

Obrigado pela visita e sucesso na sua carreira profissional!

José Sérgio Marcondes – Autor Artigo

 

Sobre José Sérgio Marcondes

Especialista em Segurança Privada – CES
Consultor em Segurança Privada

4 Comentários

  1. Boa noite, muito bom esse conceito.

  2. Milton Nunes de Souza

    Perfeito!

    Parabéns pelas definições e potencialização das informações.

    Como agente atuante no setor, torço pra assistir o devido e provável crescimento do apetite empresarial no Brasil pelos necessários investimentos na qualificação da segurança e seus aparelhos, em prol da salva guarda do patrimônio em destaque as VIDAS humanas.

    Sr José S Marcondes, obrigado pela sua atuação!

    Souza

Deixe um comentário...

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.