Home / Atividades Segurança Privada / Política de Mesas Limpas e Telas Limpas na Segurança da Informação

Política de Mesas Limpas e Telas Limpas na Segurança da Informação

Política de Mesas Limpas
Figura 1 – Política de Mesas Limpas

 O é Política de “mesas limpas e telas limpas”?

A política de mesas limpas e telas limpas, são  praticas de segurança da informação recomendadas para o local de trabalho a fim de se evitar a exposição desnecessária de informações consideradas sensíveis, com o objetivo de se evitar o comprometimento da informação.

Para reduzir os riscos de acesso não autorizado, perda ou danos às informações durante e fora do horário de expediente, as organizações devem considerar a adoção de uma política de mesas limpas para os papéis e mídias de armazenamento removível e igualmente uma política de telas limpas, para computadores e similares.

Nenhuma informação confidencial deve ser deixada à vista, seja em papel ou em quaisquer dispositivos, eletrônicos ou não. Informações deixadas sobre as mesas de trabalho são passíveis de serem danificadas, destruídas ou furtadas.

O objetivo da política de mesas limpas e telas limpas é de definir diretrizes e procedimentos que reduzam o risco de violação de segurança, fraudes e roubo de informações causadas por documentos deixados ou guardados de forma inadequada no ambiente de trabalho.

Política de Mesas Limpas e Telas Limpas
Figuga 2 – Política de Mesas Limpas e Telas Limpas

Princípios da politica de mesas limpas e telas limpas

  • Os documentos em papéis e mídias eletrônicas não devem permanecer sobre a mesa desnecessariamente, devem ser armazenados em armários ou gavetas trancados, quando não estiverem em uso, especialmente fora do horário do expediente;
  • Informações sensíveis ou críticas para o negócio da organização devem ser trancadas em local separado e seguro (um armário ou cofre à prova de fogo);
  • Anotações, recados e lembretes não devem ser deixados amostra sobre a mesa ou colados em paredes, divisórias ou monitor do computador;
  • Não anotar informações sensíveis em quadros brancos;
  • Não guardar pastas com documentos sensíveis em prateleira de fácil acesso;
  • Destruir os documentos impressos antes de jogá-los fora. Sempre que possível utilizar máquinas desfragmentadoras;
  • Não imprimir documentos apenas para lê-los. Leia-os na tela do computador, se possível;
  • Informações sensíveis ou confidenciais, quando impressas em local coletivo, devem ser retiradas da impressora imediatamente;
  • Fotocopiadoras devem ser protegidas contra uso não autorizado;
  • Devolver, o quanto antes possível, todos os documentos obtidos por empréstimos de outros departamentos, quando eles não são mais necessários;
  • Computadores pessoais e terminais de computador e impressoras não devem ser deixados “logados”, caso o usuário responsável não esteja presente;
  • Nos computadores, utilizar um protetor de tela que solicite uma senha para acesso;
  • Guardar agendas e cadernos de anotações numa gaveta trancada;
  • Manter os pertences pessoais em gavetas ou armários trancados;
  • Nunca deixar crachá de identificação ou chaves em qualquer lugar; mantenha-as junto a você;
  • Notificar o pessoal da segurança imediatamente se seu crachá ou chaves sumirem;
  • Nunca escrever senhas em lembretes e nem tente esconde-las no local de trabalho;
  • Não deixe mídias, como CDs ou disquetes nos drives;
  • Mesas e móveis deverão ser posicionados de forma que dados sensíveis não sejam visíveis de janelas ou corredores;
  • Ao final do expediente, ou no caso de ausência prolongada do local de trabalho, limpar a mesa de trabalho, guardar os documentos, trancar as gavetas e armários, e desligar computador;
  • Manter  as gavetas e armários fechados e trancados e não deixar as chaves na fechadura.
  • Não colocar ou comer refeições e lanches sobre a mesa;
  • Não colocar copos de água, suco, refrigerante ou café sobre a mesa;
  • Sempre limpar sua área de trabalho antes de ir para casa, garantindo adequada organização dos itens/objetos manipulados;
  • Trancar o local de trabalho ao deixá-la, não deixar o local de trabalho aberto sem que haja um colaborador que trabalhe no local presente.

Conclusão

A segurança é  um direito de todos e responsabilidade de cada um.

Todos nos devemos adotar medidas de  segurança no dia-a-dia afim de evitarmos acidentes ou de causar algum tipo de prejuízo a organização a qual prestamos serviço ou a nós mesmos.

Contribua com o artigo deixando seu comentário logo abaixo, ele é muito importante para o “Nosso Blog”!

Curta e compartilhe as publicações com seus colegas pelas redes sociais, assim estará colaborando para o fortalecimento e reconhecimento da importância da área de segurança.

Navegue em “Nosso Blog” e descubra outros artigos interessantes e úteis para o seu aprimoramento.

Obrigado pela visita e sucesso na sua carreira profissional!

José Sérgio Marcondes – Autor Artigo

Sobre José Sérgio Marcondes

Especialista em Segurança Privada – CES
Consultor em Segurança Privada

Deixe um comentário...

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.