Plano de Contingência: O que é? Conceitos, Objetivos, Como fazer?

Plano de Contingência: O que é? Conceitos, Objetivos, Como fazer?

Conceito de Plano de Contingência

1. O que é Plano de Contingência?

O Plano de Contingência é o planejamento preventivo e alternativo para atuação durante um evento que afete as atividades normais da organização. Visa prover  a organização de procedimentos e responsabilidades, com objetivos de orientar as ações durante um evento indesejado.

O Plano de Contingência descreve de forma clara, concisa e completa a resposta ou ação que deverá ser desencadeada diante de adversidades, sinistro, perda ou dano, seja de ordem pessoal ou patrimonial (bens tangíveis e intangíveis).

É um documento desenvolvido com o intuito de treinar, organizar, orientar, facilitar, agilizar e uniformizar as ações necessárias às respostas de controle e combate às ocorrências anormais.

É o planejamento organizacional que é elaborado a partir de uma determinada hipótese de ocorrência.

O planejamento de contingência visa mobilizar recursos humanos e logísticos para fazer frente a um incidente ou para executar determinada tarefa.

O tipo de ocorrência pode variar de acordo com as características da organização

  • falta d água, energia elétrica, matéria prima;
  • greve, paralisações;
  • acidentes com veículos, acidentes do trabalho;
  • Inundação, alagamento;
  • explosão;
  • Assalto, atentados;
  • etc.

O plano de contingência visa tratar as conseqüências do sinistro e evitar que outros sinistros aconteçam em decorrência das condições geradas.

2. Como fazer um plano de contingência?

A confecção do plano de contingência pode ser dividido em fases, as quais podem obedecer à seguinte ordem:

2.1 Identificação e Avaliação de Riscos

A fase de identificação e avaliação de riscos visa prever a probabilidade do acontecimento de cada risco, bem como seu impacto negativo.

2.2  Agrupamento de recursos

 Essa fase visa o levantamento de recursos humanos, técnicos, logísticos/materiais/financeiros; disponíveis para desenvolvimento do planejamento.

2.3 Organização das estratégias

Define a  prioridade para fazer frente a cada ameaça apresentada.

Estrutura o plano estabelecendo a metodologia de trabalho e postura organizacional diante das situações que possam se apresentar.

Estabelece quais serão as ações a serem desencadeadas diante do acontecimento de cada risco; começando pelos riscos que tenham uma máxima probabilidade de acontecimento

2.4 Divulgação e Treinamento

 Divulgar e treinar coletivamente e individualmente os envolvidos no planejamento.

Treinar todas as situações possíveis de cada risco, enfocar no treinamento de posicionamento, postura, agilidade, rapidez, eficácia, observância das leis, normas, doutrinas de segurança, enfim, demonstrar o que a organização espera que se faça diante de cada situação.

2.5 Execução de simulações

 Executar exercícios simulados periódicos de forma que a simulação se aproxime o máximo possível da realidade.

2.6 Avaliação de desempenho

A cada simulado ou execução real do plano de contingencia, verificar se os objetivos foram alcançados. Se não foram, detectar e sanar os erros.

2.7 Reavaliação e realimentação do planejamento 

Dentro de uma metodologia PDCA , verificar constantemente se os riscos continuam os mesmos e se as ações continuam eficazes para combatê-los.

3.0 Plano de Contingencia Estratégia de Ação

Na formulação e formalização do plano de contingência, é necessário cuidar dos elementos que garantem o sucesso do planejamento:

  • Estabelecer estrutura de coordenação clara, definida e adaptável às situações;
  • Definir prioridades e objetivos em comum;
  • Prever a flexibilidade para ampliar e contrair a estrutura contingencial, de acordo com a situação;
  • Tornar comum a terminologia entre todos os participantes;
  • Providenciar a integração e padronização das comunicações internas e externas;
  • Analisar se os recursos existentes e disponíveis são suficientes;
  • Aproveitar ao máximo os recursos físicos, humanos e logísticos disponíveis;
  • Prever um bom relacionamento com os órgãos públicos, organizações próximas e a imprensa.

4.0 Organização do plano de contingencia

O plano pode ser subdividido em duas partes: geral e específica.

Na parte geral deverão constar todos os dados, informações, diretrizes e princípios gerais que podem ser utilizados na grande maioria dos riscos ou ameaças;

Na parte especifica constarão os dados, informações, diretrizes e princípios específicos para cada setor, que por sua vez, é responsável por realizar os atendimentos em um conjunto de riscos pré-determinados, segundo sua especialidade.

Neste caso, cada setor fica responsável pelo armazenamento dos seus planos, ficando também uma cópia na Segurança da organização.

Cada plano terá somente as informações estritamente necessárias, pois o mesmo deve ser breve.

O plano deve seguir uma ordem cronológica,a fim de facilitar para seu detentor tomar as medidas certas, na hora, jeito e ordem certa.

 

Curta e compartilhe as publicações com seus colegas pelas redes sociais, assim estará colaborando para o fortalecimento e reconhecimento da importância da área de segurança.

Navegue em “Nosso Blog” e descubra outros artigos interessantes e úteis para o seu aprimoramento.

Obrigado pela visita e sucesso na sua carreira profissional!

José Sérgio Marcondes – Autor Artigo

Cadastre-se gratuitamente e receba notificações sobre novas publicações. Junte-se aos mais de 10.000 inscritos.

Site Seguro e 100% livre de spam.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe um comentário...

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

8 Comentários

  1. Márcio Valério da Silva disse:

    Bom dia !

    Caro ilustre Sérgio Marcondes, sou seguidor assíduo, e venho aqui agradecer a você e toda sua equipe pelo os assuntos abordados no que tange a segurança privada…pois vem me proporcionando um leque de conhecimento.

    Sérgio, eu sou Analista de monitoramento em uma multnacional ( empresa de Datacenter ) e a empresa paga 100% do meu curso Gestão em Segurança Privada , estou no meu segundo semestre de curso no sistema EAD e agora a minha gerencia quer que eu desenvolva um treinamento para os colaboradores.

    Gostaria de algumas dicas sobre o assunto em questão para que eu venha realizar um bom treinamento.

    Desde já o meu muito obrigado a sua costumeira atenção…

    Atenciosamente,
    Márcio Valério
    11 942173401

    • José Sérgio Marcondes disse:

      Olá Márcio Valério !
      Fico muito feliz por ser um seguidor assíduo do blog e por estar podendo contribuir de alguma forma para seu crescimento profissional.
      Vou te enviar algo sobre o assinto.
      Obrigado pelo seu Comentário.
      Forte abraço e sucesso.

  2. Tiago disse:

    posisitivo!!!!!!
    combatente, parabens pelos os artigos que enriquece-nos mais e mais no conhecimento da segurança.

  3. Hernani Alves disse:

    Sr Marcondes, conheci o blog e lhe parabenizo pelos artigos publicados, pois contribui muito no meu aprendizado.
    Atenciosamente!

  4. EDVALDO disse:

    Muito bom! Tenho acompanhado as publicações agregando muito conhecimento. Parabéns por mais um excelente artigo!