Home / Conceitos de Gestão / Planejamento Estratégico: O que é? Conceitos, Definição e Etapas

Planejamento Estratégico: O que é? Conceitos, Definição e Etapas

Planejamento Estratégico Organizacional: O que é? Conceito e EtapasO que é Planejamento estratégico?

O planejamento estratégico pode ser definição como sendo um processo de desenvolvimento e manutenção de estratégias de atuação entre os objetivos da organização e as oportunidades existentes no meio em que atua.

O planejamento estratégico é um dos três tipos de planejamento necessário para o bom desempenho de uma organização.

Baseia-se no desenvolvimento de missão, valores e visão da organização, no estabelecimento de objetivos, na identificação  de  oportunidades  e nas estratégias funcionais.

O planejamento estratégico  define os objetivos e as estratégias da organização e a relação pretendida com o ambiente.

Planejar estrategicamente é criar condições para que as organizações decidam rapidamente diante de
oportunidades e ameaças, otimizando as vantagens competitivas em relação ao concorrente.

É o direcionamento estratégico que permite às organizações reagirem rapidamente às turbulências do meio ambiente, explorarem as oportunidades de mercado e desenvolverem novas técnicas de administração (MOREIRA, PASQUALI, DUBNER, 2003).

Normalmente a responsabilidade de elaboração do planejamento estratégico a é da cúpula da organização.

O planejamento estratégico consiste na análise sistemática dos pontos fortes e fracos da organização, e das oportunidades e ameaças do meio ambiente de atuação, com o intuito de estabelecer objetivos, estratégias e ações que possibilitem o aumento da competitividade da organização.

Por ser um conjunto de decisões que envolvem todo a organização deve ser planejado a longo prazo.

Enquanto a estratégia se preocupa em “o que fazer”, o planejamento estratégico se preocupa em “como fazer”.

Objetivos do Planejamento Estratégico

  • Capacitar a organização a adaptar-se e a reagir frente as mudanças no cenário de atuação;
  • Orientar as atividades da organização em direção aos objetivos da organização;
  • Maximizar o potencial produtivo considerando os recursos disponíveis;

Etapas do Planejamento Estratégico

1 Estabelecimento de Missão, Valores e Visão

1.1 Conceito de Missão

A missão da organização define o propósito fundamental da existência da organização.

A missão identifica a razão de ser da organização – isto é, o que ela representa.

Assim, a missão de uma organização significa a razão de sua existência. É a finalidade pelo qual a organização foi criada e para o que ela deve servir.

A definição da missão organizacional deve responder a três perguntas básicas:

  • Quem somos?
  • O que fazemos?
  • E por que fazemos o que fazemos?

Exemplo de missão da Editora Abril
“A Abril está empenhada em contribuir para a difusão de informação, cultura e entretenimento para o
progresso da educação, a melhoria da qualidade de vida, o desenvolvimento da livre iniciativa e o
fortalecimento das estruturas democráticas do país”.

1.2 Conceitos de Valores

Os valores fazem parte dos fundamentos estratégicos da organização.

São um conjunto de crenças e princípios que orientam as atividades e operações de uma organização e o comportamento geral dos seus membros.

Não basta que a organização tenha valores claramente definidos. É fundamental que os colaboradores os conheçam e os pratiquem, pois é com base nesses valores que todas as ações dentro da organização deverão ser realizadas.

Os valores devem espelhar tudo aquilo que é importante para a organização.

Exemplos de declaração de valores da O Boticário:

  • Valorização da vida e do meio ambiente;
  • Respeito e comprometimento mútuos;
  • Objetivos e metas claros e definidos;
  • Reconhecimento pela contribuição para os resultados;
  • Desenvolvimento pessoal e profissional;
  • Inovação e Qualidade;
  • Empreendedorismo e ousadia;
  • Participação e trabalho em equipe.

1.3 Conceito de Visão

A visão é um conjunto preciso e bem elaborado de palavras que anunciam o direcionamento e as
aspirações da organização.

É a definição de um futuro pretendido pela organização, que represente propósitos globais e perdure ao longo do tempo.

Visão é a imagem que a organização tem a respeito de si mesma e do seu futuro.

A visão busca estabelecer uma identidade comum quanto aos propósitos da organização, a fim de orientar o comportamento dos membros quanto ao futuro que ela deseja construir.

Exemplo de visão do  O Boticário
“Ser reconhecida por colaboradores, parceiros, clientes e segmento onde atua como uma das mais
importantes referências mundiais em beleza e fazer que suas ações para a preservação da vida
estabeleçam uma forte identificação com a sociedade”.

2 Diagnóstico Estratégico

O diagnóstico estratégico é a análise do ambiente externo e interno,  é através dele que a organização busca informações sobre o ambiente de atuação.

A análise SWOT é uma das ferramentas a ser utilizada no diagnóstico estratégico,  para ajudar as organizações a
conhecer melhor a si e o ambiente em que atua.

A análise SWOT é o processo de identificar sistematicamente as Forças (Strenghs) e Fraquezas (Weaknesses) da organização, as Oportunidades (Opportunities) e Ameaças (Threats) no amobiente de atuação.

Ela permite à organização obter uma ideia mais clara da sua posição estratégica.

2.2 Análise do Ambiente Externo

A relação com o meio externo constitui um fator-chave da organização e por esse motivo, entender as particularidades, organização e funcionamento desse ambiente é essencial para a gestão da organização.

Para analisar o ambiente geral, é importante que o gestor levante informações sobre os seguintes aspectos:

  •  socioculturais;
  • legais: leis, impostos, taxas aplicáveis ao setor;
  • políticos/governamentais;
  • econômicos;
  • tecnológicos.

A análise externa permite a identificação e avaliação das oportunidades e ameaças presentes e futuras à organização.

Oportunidades: são situações ou eventos futuros, externos à organização e por ela não gerenciáveis diretamente.

As oportunidades quando bem aproveitadas, podem facilitar o cumprimento da missão da organização

As oportunidades oferecem um potencial favorável no ambiente da organização para o cumprimento do seu objetivo.

Ameaças:  são situações ou eventos futuros, externos à organização e por ela não gerenciáveis diretamente. Se não forem evitadas, podem dificultar o cumprimento da missão.

As ameaças são as principais circunstâncias desfavoráveis ou impedimentos à posição atual ou futura da empresa no alcance do seu objetivo.

A identificação desses dois fatores permite à organização vislumbrar oportunidades – respeitando seus fundamentos estratégicos – e ameaças, das quais deverá se defender.

Para uma melhor organização dos trabalhos, tanto as oportunidades quanto às ameaças são priorizadas em função de sua relevância para o cumprimento da missão.

2.3 Análise do Ambiente Externo

Os pontos fortes e fracos da organização são identificados por meio da análise interna da organização. 

Pontos fortes: condições ou características internas que contribuem para o cumprimento da missão da organização.

Os pontos fortes ou forças são os recursos ou aptidões que fazem com que a organização supere os concorrentes, é uma característica competitiva da organização que a coloca em vantagem frente aos concorrentes.

Pontos fracos: condições ou características internas que reduzem a probabilidade de cumprimento da missão da organização.

Os pontos fracos ou fraquezas são as características competitivas da organização que as coloca em desvantagem frente às concorrentes, devendo estas também ser reconhecidas e tratadas.

Todas as características, habilidades e competências da organização devem ser analisadas e priorizadas em função da sua contribuição para o cumprimento ou não da missão organizacional.

3 Determinação dos objetivos empresariais

Os objetivos são os resultados para os quais todas as atividades organizacionais são direcionadas.

As organizações podem ter vários objetivos de longo prazo e abrangentes, entre eles a lucratividade,  presença no mercado, boas relações com os empregados, e outros.

Os objetivos são resultados específicos que a organização pretende alcançar em um determinado período de tempo.

Enquanto a missão define qual é o negócio da organização e a visão proporciona uma imagem do que a organização quer ser, os objetivos estabelecem resultados concretos que desejamos alcançar dentro de um específico prazo de tempo.

5 Formulação das alternativas estratégicas

Com os dados anteriores em mãos, se estabelece as medidas estratégicas necessárias e aplicáveis para se atingir os objetivos propostos para a organização.

As ações estratégia tem como finalidade direcionar a organização ao aproveitamento dos recursos disponíveis, e a orientar um caminho a seguir, perante aos diferentes desafios e objetivos propostos para a organização

6 Elaboração do plano estratégico

O plano estratégico é documentação formal que descreve o conteúdo discutido e definido no planejamento estratégico.

O plano estratégico servirá como base e referencia para a elaboração do planejamento tático e do planejamento operacional.

7 Implementação por meio dos planos táticos e planos operacionais

As diretrizes estabelecidas no planejamento estratégico deverão ser detalhadas e implementadas por meio dos planos táticos e planos operacionais conforme suas  particularidades.

As decisões oriundas do planejamento estratégico devem ser implantadas por meio de planos táticos e operacionais e detalhadas de forma compreensível e clara para os demais participantes da organização.

8 Feedback ou controle

O resultados do planejamento estratégico devem ser monitorados a fim de se certificar que os os caminhos adotados estão levando em direção aos objetivos propostos.

A medida que implementa seu planejamento, a organização precisa acompanhar os resultados e monitorar os novos acontecimentos no ambiente externo e interno.

Quando o mercado muda, a empresa precisa analisar e revisar sua estratégia, os programas e às vezes,
até seus objetivos.

Junto ao planejamento estratégico sugiro a adoção da gestão estratégica.

A gestão estratégica é uma “metodologia” importante que visa assegurar o sucesso da organização no momento atual, bem como principalmente o seu sucesso no futuro.

A gestão estratégica, inclui no mínimo três etapas distintas: o planejamento estratégico, a execução e o controle.

 

Contribua com o artigo deixando seu comentário logo abaixo, ele é muito importante para o “Nosso Blog”!

Curta e compartilhe as publicações com seus colegas pelas redes sociais, assim estará colaborando para o fortalecimento e reconhecimento da importância da área de segurança.

Navegue em “Nosso Blog” e descubra outros artigos interessantes e úteis para o seu aprimoramento.

Obrigado pela visita e sucesso na sua carreira profissional!

José Sérgio Marcondes – Autor Artigo

Sobre José Sérgio Marcondes

Especialista em Segurança Privada – CES
Consultor em Segurança Privada

Deixe um comentário...

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.