Home / Conceitos Segurança Privada / Dicas de Segurança para condomínio residencial

Dicas de Segurança para condomínio residencial

Dicas de Segurança para condomínio residencial

Dicas de Segurança para condomínio

As dicas de segurança para condomínio residencial tem como principal objetivo conscientizar os síndicos e condôminos sobre a importância de se cooperar com o plano de segurança elaborado para o condomínio.

Em muitos condomínios se observa a existência de um esquema de segurança satisfatório, porém o descumprimentos das nomas e procedimentos de segurança por parte de alguns condôminos, acabam por prejudicar a segurança do condomínio.

A segurança do condomínio depende de um bom Plano de Segurança, fundamento na avaliação de riscos e ameaças para segurança do condomínio. 

A participação ativa e preventiva dos síndicos e condôminos é fundamental para o bom funcionamento da segurança pretendida e desejada.

Dicas de Segurança para os Síndicos

As dicas de segurança para condomínio residencial a seguir tem como foco os síndicos e sua relação com os condôminos, funcionários do condomínio e sistema de segurança do condomínio.

Com relação aos condôminos:

  • Desenvolva com o conselho de condôminos normas e procedimentos firmes e transparentes sobre a segurança do condomínio, discriminando, inclusive, punições por não cumprimento de normas e procedimentos;
  • Em reuniões condominiais aborde assuntos relativos à segurança do condomínio;
  • Forme um conselho ou comissão específicos para tratar de assuntos relacionados a segurança;
  • Incentive a participação de todos os moradores e funcionários quando for tratado o tema segurança.

Com relação aos funcionários:

  • Na contratação de novos funcionários proceda uma entreviste cuidadosa e meticulosa.
  • Obtenha o máximo de informações possíveis sobre o candidato e solicite atestado de antecedentes criminais e de referência pessoal de todos os funcionários a serem contratados;
  • Contrate funcionários para segurança com cursos de formação e reciclagem quando aplicável;
  • Promova e invista na reciclagem e treinamento dos funcionários  através de cursos especializados;
  •  Fiscalize a rotina de trabalho de funcionários e zeladores, procurando acompanhar de perto suas condutas assim como não atribuir missão que não lhes seja pertinente;
  • Apresente e informe aos moradores quando da substituição ou admissão de um funcionário;
  • Evite a rotatividade de funcionários;
  • Oriente sempre os funcionários, principalmente os vigilantes, porteiros e garagistas, para que não saiam de seus postos de trabalho, evitando deslocamentos para prestar serviços particulares.

Com relação à segurança do condomínio:

  • Cadastre e mantenha atualizada a relação de todos os moradores do condomínio, onde deverá constar desde a placa de seu veículo até o nome de parentes próximos para contato em caso de emergência;
  • Conheça a legislação sobre o condomínio e sua administração;
  • Conheça profundamente o estatuto e as normas do condomínio;
  • Procure acompanhar o andamento das obras realizadas no condomínio;
  • Mantenha suficientemente iluminadas as entradas do condomínio, evitando o uso de obras de arte, de decoração e de jardinagem que obstruam a ampla visão do local ou criem pontos de penumbra à distância;
  • Atente para a segurança do perímetro do condomínio, tais como muros, grades, cercas e alambrados, bem como de vias públicas de acesso ao condomínio;
  • Mantenha os equipamentos de segurança e de comunicação sempre em perfeito estado de funcionamento;
  •  Mantenha sempre na portaria livros de registro para controle do serviço da segurança;
  • Mantenha um sistema de controle de acesso para de entrada e saída de pessoas, veículos e materiais;
  •  Faça a manutenção periódica das portas e portões de acesso, em caso de quebra, providencie imediatamente o conserto;
  •  Instale dispositivos eletrônicos de segurança, se possível, com monitoramento por empresas especializadas e idôneas;
  • Caso for terceirizar os serviços como portaria, limpeza, manutenção e segurança procure empresas idôneas e legalmente constituídas no mercado;
  • Atualize-se no que diz respeito a assuntos relativos à segurança, procurando o que há de mais moderno no mercado para possível implantação no condomínio;
  • Contrate seguradora idônea para que se possa fazer o seguro da edificação com apólices que, de preferência, garantam cobertura completa de sinistros, pois este é um dos itens em que o síndico é responsabilizado, civil e criminalmente, em caso de algum problema onde não se tenha uma cobertura ideal.

Dicas de Segurança aos Condôminos

As dicas de segurança para condomínio residencial a seguir tem como foco os condôminos e sua relação com a segurança do condomínio, com os empregados domésticos e à segurança do lar.

Com relação à segurança do condomínio:

  • Participe ativamente das reuniões referentes à segurança, inclusive fazendo parte das comissões ou conselhos de segurança do condomínio;
  •  Obedeça às normas e procedimentos de segurança estabelecidos para o condomínio;
  • Contribua com a segurança do condomínio trazendo informações sobre assuntos relativos à segurança, sugestões são valiosas para o aperfeiçoamento e atualização da proteção do condomínio;
  • Colabore com o síndico nas  medidas de controle de acesso implementadas;
  • Compreenda, coopere e elogie as ações preventivas dos seguranças, pois, além de estarem cumprindo ordens, visam garantir a segurança do condomínio;
  • Conscientize parentes e empregados sobre a importância de todos seguirem as regras e normas de segurança estabelecidas para o condomínio;
  • Não se exponha desnecessariamente; somente vá à portaria quando o assunto lhe for pertinente;
  • Evite comentar sobre sua vida íntima, seus bens, patrimônio e ganhos na frente de estranhos ou até mesmo de funcionários;
  • Ao entrar ou sair do condomínio, observe se há pessoas nas proximidades. Caso perceba alguma movimentação estranha, não entre ou saia, ligue imediatamente para a polícia ou para segurança do condomínio;
  • Ao estacionar seu veículo na garagem ou na rua, nunca o deixe aberto e nem com objetos de valor à vista, ligue sempre o alarme do seu veículo;

Com relação aos empregados domésticos:

As dicas de segurança para condomínio residencial focadas nos empregados domésticos, visa um controle adequado as pessoas que tem acesso a intimidade da vida dos condôminos.

  • Na contratação de novos empregados entreviste um de cada vez, de preferência na portaria. Nunca os leve para sua residencia ou apartamento;
  • Obtenha o máximo de informações possíveis sobre o candidato a emprego;
  • Solicite atestado de antecedentes e referências pessoais de todos os empregos a serem contratados;
  • Oriente seus empregados para que nunca comentem sobre seus hábitos;
  • Acautele-se com funcionários que aceitam trabalhar ganhando pouco e passam imagem de muito eficientes.
  • Observe-os atentamente, principalmente em relação à mudanças de comportamento;

Com relação à segurança do lar:

As dicas de segurança para condomínio residencial focadas no lar tem como objetivo reforçar a segurança dos lares a fim de servirem também com uma barreira de proteção contra ações criminosas.

  • Evite deixar as chaves da sua residência ou apartamento, bem como seus objetos pessoais na portaria do condomínio;
  • Em casos de perda das chaves, troque imediatamente as fechaduras ou cilindros;
  • Ao mandar fazer cópias das chaves presencie pessoalmente sua reprodução;
  • Evite deixar recados na portaria ou bilhetes afixados na porta da residência quando for passar viajar;
  •  Em caso de viagem mais prolongada, providencie uma pessoa de sua inteira confiança para tomar conta da residência;
  • Caso resida nos dois primeiros andares do prédio, proteja as áreas de acesso com grades reforçadas;
  •  Instale olho mágico de 180° nas portas que dão acesso às partes externas de sua residência;
  • Utilize nas portas trincos e trancas complementares, dando preferência a fechaduras quádruplas;
  •  Atente também, para as janelas, complementando as fechaduras com trancas especiais;
  • Antes de se deitar, à noite, revise o fechamento de portas e janelas;
  •  Instale alarmes com dispositivos sonoros nas principais entradas da residência;
  • Mantenha sempre em perfeito funcionamento os meios de comunicação, tais como telefones e interfones;
  • Atente para atos e condições inseguras a fim de evitar acidentes dentro de seu  lar.

 

As dicas de segurança para condomínio residencial quando bem aceitas e praticas contribuem de forma significativa para a segurança do condomínio de seus moradores.

 

Contribua com o artigo deixando seu comentário logo abaixo, ele é muito importante para o “Nosso Blog”!

Curta e compartilhe as publicações com seus colegas pelas redes sociais, assim estará colaborando para o fortalecimento e reconhecimento da importância da área de segurança.

Navegue em “Nosso Blog” e descubra outros artigos interessantes e úteis para o seu aprimoramento.

Obrigado pela visita e sucesso na sua carreira profissional!

José Sérgio Marcondes – Autor Artigo

Sobre José Sérgio Marcondes

Especialista em Segurança Privada – CES
Consultor em Segurança Privada

4 Comentários

  1. Muito bom o artigo! A segurança em condomínio residencial melhora a cada dia, talvez a velocidade desta mudança é que precisa melhorar, não esperar que aconteça pra que sejam feitas alterações e ou adições nos recursos internos.

    É sempre bom abordar o tema, até por se tratar do interesse geral pois todos fazemos parte dessa necessidade independentemente do seguimento que estamos ligados.

    Obrigado pela contribuição Sr José S Marcondes.

    Souza

    • José Sérgio Marcondes

      Boa tarde Souza!

      Obrigado pelo seu comentário! Muito pertinente ao assunto.

      A cultura da segurança brasileira, infelizmente ainda essa, adoção de medidas corretivas após uma falha de segurança. Más como você mesmo escreveu, essa mentalidade esta mudando e com certeza atingirá num médio prazo o patamar recomendado.

      Forte abraço e sucesso na sua carreira!

Deixe um comentário...

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.