Home / Conceitos Segurança Privada / Controle de Acesso Físico, como Medida de Segurança Física Instalações

Controle de Acesso Físico, como Medida de Segurança Física Instalações

catracas controle acesso físico
Figura 1 – Catracas para Controle Acesso físico

Conceito de  Controle de Acesso Físico

Controle de Acesso Físico é qualquer aplicação de procedimentos e/ou equipamentos com o objetivo de administrar o acesso físico de pessoas, veículos e materiais a uma determinada perímetro de segurança ou área delimitada.

A principal função de um controle de acesso físico é o de gerar um ambiente seguro livre de acessos não autorizados.

Na atualidade, quando se fala em Segurança Física de Instalações, já se imagina a implantação de um sistema de Controle de Acesso Físico.

O controle de acesso tem  com objetivo proteger as pessoas, os bens e o conhecimento contra acessos não autorizados.

Controle de Acesso Físico é uma atividade de extrema importância para Segurança Patrimonial de uma organização.

Atividades Básicas Controle de Acesso Físico

  • Delimitar e identificar uma área onde o acesso é restrito;
  • Impedir acesso não autorizado;
  • Identificar e checar permissão de acesso;
  • Liberar acesso autorizado;
  • Identificar, alarmar e registrar as tentativas de acessos não autorizados;
  • Armazenar e fornecer relatórios sobre a movimentação de acessos ocorridos  no local.

Um bom sistema de controle de acesso físico deve ser capaz de assegurar a entrada fácil e simplificada das pessoas devidamente autorizadas e impedir o acesso de pessoas não autorizadas.

Além disso, deve ser capaz de informar via relatórios toda a movimentação de acessos executadas, inclusive as tentativas de acessos não autorizadas.

Composição Sistema de Controle de Acesso Físico

Um sistema de controle de acesso físico é composto basicamente por:

  • barreira perimetral, que pode ser uma cerca, muro, alambrado etc;
  •  ponto de controle de acesso, controlados por dispositivos de bloquei como portas, portões, catracas etc;
  • procedimentos documentados que formalizem a política de acesso ao local controlado.
Controle de Acesso Físico Barreiras Periemtrais
Figura 2 – Controle de Acesso Físico – Exemplo de barreira perimetral
Controle de Acesso Físico Exemplo de acessos
Figura 3 – Controle de Acesso Físico – Exemplo de acessos

Funcionamento Controle de Acesso Físico

Em relação ao funcionamento o controle de acesso físico se divide em três tipos:

Controle Acesso Manual

 O controle de acesso é feito pelo vigilante de forma manual, fazendo uso de portões, portas, cancelas e etc, de abertura manuel e os registros são feitos em formulários impressos em papeis e arquivados em pastas.

Controle Acesso  Semiautomático

 O controle de acesso manual do vigilante é complementado pelo uso de algum recurso tecnológico ou eletrônico: computador, portão ou cancela eletrônica e etc.

Controle Acesso Automático

É aquele onde tanto o processo de identificação como o de liberação e registro do acesso, quando autorizado, é feito automaticamente pelo sistema informatizado, sem intervenção direta do vigilante.

Como exemplos de sistemas controle de acesso eletrônico automático podemos citar:

  • catracas eletrônicas;
  • portas com leitores de crachás ou identificação biométricas e etc.

A decisão sobre qual o tipo de sistema de controle de acesso físico a ser utilizado dependerá:

  • motivo e finalidade do controle de acesso;
  • características físicas e estruturais do local;
  • período que se fará necessário o controle; e
  • dos recursos financeiros disponíveis .

Se o controle de acesso for temporário, devido a uma manutenção em um ponto do perímetro, por exemplo, pode ser inviável a instalação de uma estrutura mínima para se utilizar recursos eletrônicos, nesse caso um portão simples e um vigilante com uma prancheta poderá ser suficiente.

Políticas de Controle de Acesso Físico

Mais importante que os recursos materiais utilizados no sistema de controle de acesso é a Política de Segurança Física adotada.

Uma política de segurança física eficaz dependerá muito mais da gestão dos recursos humanos do que apenas do uso de tecnologia.

É fundamental a análise do perfil de cada organização, para a definição de uma política que atenda suas necessidades.

A política de segurança física e os recursos utilizados pela organização, estarão diretamente ligados à importância dos bens a serem protegidos, observando sempre a relação custo/beneficio.

Quanto maior o investimento em prevenção menor será o prejuízo em caso de eventos.

O investimento em questão não se refere apenas ao uso de tecnologia de ponta, mas a forma como a organização conscientiza seu quadro de colaboradores.

Sistema de Identificação

Todo o acesso a instalação deve ser canalizado para os pontos de controle de acesso, onde as pessoas e veículos devem passar por um Sistema de Identificação.

Uma das medidas mais importantes em um sistema controle de acesso físico é confirmar a identidade.

Isso é feito pela verificação da foto em um documento de identidade oficial (RG, passaporte, Carteira de Trabalho, Carteira de Habilitação, etc.) ou crachá de identificação.

É importante que todos os crachás de identificações fornecidos possuam foto ressente.

Nos estabelecimentos que possuem sistema de controle de acesso eletrônico, a identificação também poderá ser feita por das tecnologias de identificação a seguir:

  • Senhas de acesso;
  • Cartão magnético, Cartão com código de barras, Cartão de proximidade; e
  • Biometria.

Autorização de acesso

Após a identificação da pessoa, a próxima etapa é checar a autorização de acesso, que deverá estar condicionada ao local permitido para acesso e ao horário de permanência .

A autorização de entrada deve ser formalizada em documento próprio ou através de sistemas  eletrônicos de controle de acesso, de forma que possibilite sua rastreabilidade e comprovação.

Um Sistema de Controle de Acesso Físico confiável e eficiente deve ser capaz de  verificar se uma pessoa é realmente quem diz ser e se ela  tem permissão para acessar ao local que deseja/precisa acessar.

Características Importantes Controle de Acesso Físico

  • Rapidez;
  • Baixo custo de manutenção e administração;
  • Capacidade de integração com outros recursos de controle de acesso;
  • Possibilidade de criação de vários perfis de validação de acesso para diferentes grupos de pessoas, funcionários, visitantes e terceiros;
  • Quando necessário, possibilidade de liberar o acesso de pessoas apenas em locais, horários e dias pré definidos;
  • Não permite dupla entrada ou dupla saída, ou seja, quem entrou não entra de novo e quem saiu não sai de novo;
  • Capacidade de registrar todos os eventos inclusive os não liberados;
  • Possibilidade  de rastreabilidade e geração de relatórios gerenciais.

Uso de Controle de Acessos Internos

Em indústrias, bancos e locais com altos valores agregados ou risco a saúde ou à vida é comum que existam restrições de acesso.

As restrições podem não ser somente ao perímetro da instalação, mas também para áreas ou edificações internas.

Nesses casos são criadas zonas de segurança isoladas e protegidas por barreiras físicas e sensores de presença, tendo seu acesso restrito apenas a colaboradores de trabalham no local.

Para fazer esse controle é necessário estabelecer perímetros de controle, com acesso isolado, partindo de partes mais externas para as mais internas, focando tanto a entrada dos indivíduos quanto a saída.

Os perímetros, normalmente são delimitados e controlados por barreiras físicas e tecnologias de detecção.

Os sistemas de controle de acesso se fazem cada vez mais importantes no dia a dia para segurança física de instalações, isso porque as técnicas para burlar a segurança estão cada vez mais aprimoradas e desafiadoras.

 

Contribua com o artigo deixando seu comentário logo abaixo, ele é muito importante para o “Nosso Blog”!

Curta e compartilhe as publicações com seus colegas pelas redes sociais, assim estará colaborando para o fortalecimento e reconhecimento da importância da área de segurança.

Navegue em “Nosso Blog” e descubra outros artigos interessantes e úteis para o seu aprimoramento.

Obrigado pela visita e sucesso na sua carreira profissional!

José Sérgio Marcondes – Autor Artigo

Sobre José Sérgio Marcondes

Especialista em Segurança Privada – CES
Consultor em Segurança Privada

Deixe um comentário...

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.