Home / Conceitos Segurança Privada / Sistemas de Alarme da Segurança Eletrônica: Conceitos, Equipamentos

Sistemas de Alarme da Segurança Eletrônica: Conceitos, Equipamentos

Sistemas de Alarme da Segurança EletrônicaOs Sistemas de Alarme da Segurança Eletrônica são um conjunto de sensores, centrais eletrônicas e softwares, integrados com o objetivo de proteger pessoas e bens patrimoniais contra condições e atos indesejáveis.

A utilização dos Sistemas de Alarme da Segurança Eletrônica nas residencias e comércio se tornou algo muito comum e frequente.

A principal finalidade dos sistemas de alarme da segurança eletrônica  é a de emitir  alarmes em casos de eventos indesejáveis.

O que é Alarme?

Os alarmes são sinais anunciados de forma visual ou auditiva, geralmente intermitente, que indicam uma situação que requer ação imediata do operador da central de alarmes.

São geralmente iniciados quando certa variável que está sendo monitorada atinge um nível indesejado ou potencialmente perigoso.

Ocorrência de Alarmes

Tudo começa quando uma situação passa para um estado não desejado.

As variáveis desta situação são acompanhadas por sensores de campo, que, acoplados aos seus transmissores, enviam sinais para uma central eletrônica, que da o tratamento adequado ao sinal e emite um sinal de alerta ao operador, se  necessário.

A principal função de um sistema de alarme pode ser definida como:

Direcionar a atenção do operador da central de monitoramento para um evento que exige avaliação ou ação imediata do operador.

Sensores dos Sistemas de Alarme da Segurança Eletrônica

Os principais dispositivos de campo em um sistema de monitoração de alarmes são os sensores.

Existem sensores para praticamente todo tipo de aplicação e caso.

Veremos a seguir as principais tecnologias de sensores utilizados na atualidade.

Sensores Magnéticos

Sistemas de Alarme da Segurança Eletrônica

Os sensores magnéticos são formados por um conjunto de dois elementos: um deles é um ímã e o o outro é uma ampola de material ferromagnético chamada “reed switch”.

Ao se afastar o ímã da ampola reed esta abre um circuito elétrico, atuando como sensor.

São geralmente utilizados em portas, janelas e gavetas.

Sensores de Vibração

Sistemas de Alarme da Segurança Eletrônica

Estes sensores são desenhados para detectar vibrações causadas pelo impacto ou as vibrações causadas por furadeiras e outras ferramentas.

Neste último caso são geralmente chamados de  sensores sísmicos.

Estes sensores são geralmente utilizados em janelas, caixas automáticos e em cofres.

Sensores de Quebra de Vidro

Sistemas de Alarme da Segurança Eletrônica

Estes sensores monitoram o som causado pela quebra do vidro.

Os melhores sensores no mercado possuem analisadores de ruído de modo a analisar o som ambiente e verificar a necessidade real de gerar um alarme.

Isto evita que sejam gerados alarmes falsos causados pelo tráfego de caminhões próximos aos sensores.

Sensores de Presença

Sistemas de Alarme da Segurança Eletrônica

Os sensores de presença também são chamados de sensores de proximidade, sensores infravermelho passivos ou sensores de movimento.

O seu princípio de funcionamento é a captação, através de lentes especiais, de massas quentes em movimento.

Os sensores de presença precisam ter visão da área monitorada, pois a detecção é óptica.

Os sensores de presença são largamente utilizados, devido principalmente ao seu baixo custo, facilidade de instalação e, quando corretamente instalados, baixo nível de alarmes falsos.

Sensores de Invasão

Sistemas de Alarme da Segurança Eletrônica

Os sensores de invasão são também conhecidos por sensores infra-vermelho ativos.

Trata-se de um par transmissor e receptor de sinais de luz infra-vermelha invisível ao ser humano.

Caso o feixe de luz seja interrompido, será gerado um alarme.

Cabo enterrado metálico

Sistemas de Alarme da Segurança Eletrônica

Este cabo é formado por um par de fios que correm lado a lado e formam um campo eletromagnético.

Caso este campo eletromagnético seja perturbado, será gerado um alarme.

Como o cabo pode ser enterrado, e então recoberto por grama, cascalho ou outra cobertura não metálica, esta solução possui um aspecto visual imperceptível.

É uma das soluções preferidas dos arquitetos, pois não causa impacto visual nas edificações.

Cabo microfônico

Sistemas de Alarme da Segurança Eletrônica

O cabo microfônico é um cabo especialmente desenvolvido para ser utilizado como sensor em diferentes tipos de superfícies: alambrados, muros, grades, terra, etc.

Uma diferença importante deste cabo em relação aos outros vistos até aqui é que este cabo é monitorado por um software específico, que é o responsável pela sua calibração e ajuste.

Deste modo, ele é capaz de informar o ponto de invasão e não apenas uma zona. Este ponto de invasão é informado com uma precisão de 3 m.

Microondas

Sistemas de Alarme da Segurança Eletrônica

Existem basicamente dois grandes grupos de sensores de microondas:

  • O grupo dos conjuntos formados por um par transmissor/receptor;
  • O grupo dos transceptores, em que o transmissor é o próprio receptor.

Em ambos os casos, a sua instalação requer um grande cuidado, pois são elementos extremamente sensíveis, de instalação delicada e ajuste demorado.

A sua detecção é volumétrica, o que quer dizer que não é necessária a interrupção de todo o feixe de microondas para que seja causado um alarme.

Detecção de movimento por imagens

Sistemas de Alarme da Segurança Eletrônica

 

A detecção de movimento por imagens tem sido uma das áreas com maiores investimentos e desenvolvimentos nos últimos anos.

Baseia-se na utilização das imagens de câmeras de Circuitos Fechados de TV (CFTV ) para a detecção de invasões, através da alteração ou movimento nestas imagens.

Botão de Pânico

Sistemas de Alarme da Segurança Eletrônica

Esse equipamento é composto por botões de acionamento que são usados para enviar um alerta de pânico (máxima prioridade) para a Central de Monitoramento.

Existem dois modelos, os botões fixos que são instalados em locais estratégicos de acordo com o projeto de segurança;

E os botões remotos que devem permanecer junto ao usuário (dentro do bolso) para uma eventual necessidade.

Sirenes

As sirenes são dispositivos que emitem sinais sonoros para alertar sobre o alarme acionado pela central de alarmes.

Elas tem efeito dissuasivo sobre o invasor,uma vez que denunciam sua ação  e  possibilitam que qualquer pessoa próxima acione a polícia.

 

Sistemas de Alarme da Segurança Eletrônica

Interfaces de conexão dos sensores

Sistemas de Alarme da Segurança Eletrônica

Os sensores vistos até aqui devem ser conectados a algum dispositivo que permita sua correta monitoração.

Os sensores são ligados ás chamadas centrais ou painéis de alarme, que são os responsáveis  pelo seu funcionamento.

As centrais de alarmes são alimentadas por bateria, o que permite seu funcionamento, por tempo limitado, com a ausência de fonte de energia externa.

As centrais de alarme são as responsáveis pela conexão com as Centrais de Monitoramento.

Central de Monitoramento

Sistemas de Alarme da Segurança Eletrônica

A Central de Monitoramento é a responsável por receber e dar o tratamento mais indicado aos sinais enviados pelo Sistemas de Alarme da Segurança Eletrônica.

A central de monitoramento é operada por profissionais capacitados em segurança privada com enfase na segurança eletrônica.

O termo “Central de Monitoramento” refere-se em geral ao local onde é feita a operação, o monitoramento e a administração dos sistemas de alarme e imagens da segurança eletrônica.

Devido as tecnologias atuais dos sistemas de alarme, de captura de imagens e  dos software de segurança, uma única central de monitoramento consegue monitorar uma grande quantidade de sistemas de alarme ao mesmo tempo.

 

O vídeo abaixo, produzido pelo ShopTour, mostra em detalhe algumas características dos Sistemas de Alarme da Segurança Eletrônica.

 

Contribua com o artigo deixando seu comentário logo abaixo, ele é muito importante para o “Nosso Blog”!

Curta e compartilhe as publicações com seus colegas pelas redes sociais, assim estará colaborando para o fortalecimento e reconhecimento da importância da área de segurança.

Navegue em “Nosso Blog” e descubra outros artigos interessantes e úteis para o seu aprimoramento.

Obrigado pela visita e sucesso na sua carreira profissional!

José Sérgio Marcondes – Autor Artigo

Sobre José Sérgio Marcondes

Especialista em Segurança Privada - CES Consultor em Segurança Privada

Veja Também

Segurança Hoteleira ou Segurança na Hotelaria, Conceitos e Definições

Conceito Segurança Hoteleira  Índice1 Conceito Segurança Hoteleira  2 Importância da Segurança Hoteleira3 Organização da Segurança Hoteleira3.1 A. Segurança ...

4 Comentários

  1. Prezado Marcondes, gostaria de parabenizar pela excelência de seus artigos. Recentemente, comecei a acompanhá-los e digo que muito tem agregado valor ao fim desejado por mim, que por ser um iniciante nesta atividade de segurança privada, vejo no conteúdo produzido por você uma boa oportunidade crescimento. Você tem alguma dica pra quem tá começando uma atividade de vigilância patrimonial em condomínio residencial? Como também, tem alguns livros que possa sugerir para leitura, que são obrigatórios aos iniciantes?

    • José Sérgio Marcondes

      OLá Fábio!
      Obrigado pelo seu comentário, estarei enviando para seu e-mail a sugestão de leitura.
      Forte abraço e sucesso na carreira.

  2. DENIZE FERNANDES DA CRUZ

    Gostaria de agradecer ao responsável pelo os excelentes artigos ,sobre segurança privada a cada dia aprendo mais com os mesmo é uma honra para mim fazer parte dessa pagina obrigada JOSÉ SERGIO MARCONDES.

    • José Sérgio Marcondes

      Olá Denize!
      Obrigado pelo seu comentário,fico muito feliz em saber que meus artigos estão contribuindo para o seu desenvolvimento profissional.
      Forte abraço e sucesso na sua carreira profissional.

Deixe um comentário...

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.