Home / Conceitos Segurança Privada / Sensores Infravermelhos Passivos IVP : Conceitos e Funcionamento

Sensores Infravermelhos Passivos IVP : Conceitos e Funcionamento

Sensores Infravermelhos Passivos (IVP)Os Sensores Infravermelhos Passivos (IVP) são dispositivos de campos utilizados  nos sistemas de alarmes da segurança eletrônica para detecção de intrusão em uma área determinada.

Os Sensores Infravermelhos Passivos (IVP) também são chamados de sensores de presença, sensores de proximidade, ou sensores de movimento.

São chamados sensores passivos porque não emitem, mas apenas detectam movimentação de luz infravermelha.

Funcionamento Sensores Infravermelhos Passivos (IVP)

Estes sensores detectam a presença de invasores através de feixes de luz infravermelho.

O sensor é acionado quando algum movimento desvia o foco de luz emitido pelos feixes, este feixe é convertido em sinal elétrico e aciona a central de alarme interna e/ou central de monitoramento à distância .

O princípio de funcionamento dos sensores Infravermelhos passivos é a captação de massas quentes em movimento.

Componentes principais de um detector de movimento são a lente de fresnel e o PIR.  

Sensores Infravermelhos Passivos (IVP)

A lente de fresnel basicamente direciona luz infravermelha detectada do ambiente para o elemento PIR.

O PIR é um componente que converte a luz infravermelha em pulso elétrico.

Quando  ocorre um movimento no ambiente há uma variação de luz infravermelha incidindo no PIR que por sua vez produz um pulso elétrico diferente, que desencadeia o sistema de alerta.

Os Sensores Infravermelhos Passivos (IVP) precisam ter visão da área monitorada, pois a detecção é óptica.

A comunicação entre o sensor e a central de alarme pode ser feita com fio ou sem fio através de rádio freqüência.

Os sensores sem fio trabalham com a transmissão de dados via RF (ondas de rádio) e com baterias próprias.

Alguns modelos de Sensores Infravermelhos Passivos (IVP) são indicados para uso externo, pois possuem circuitos capazes de compensar as variações de temperatura causadas pelo Sol em outras superfícies, como o piso.

Outros modelos são específicos para uso em locais onde existem pequenos animais, não detectando pequenos animais, evitando alarmes falsos.

Modelos de Sensores Infravermelhos Passivos (IVP)

Sensores Infravermelhos Passivos (IVP)

Existem vários modelos e tipos de Sensores Infravermelhos Passivos (IVP). 

Os sensores de teto que detectam movimento em uma área circular ao seu ponto de instalação.

Os sensores de canto são fixado no encontro de duas paredes, pois o mesmo detecta um ângulo de abertura de 90º.

Já os sensores de cortina, são posicionados na parede acima da janela.

O que todos os sensores infravermelhos tem em comum é uma lente opaca, esbranquiçada e multifacetada, chamada de lente Fresnel e um led interno que pisca quando o sensor capta a presença de uma pessoa no ambiente.

Cuidados na instalação Sensores Infravermelhos Passivos (IVP)

Como os sensores de presença têm atuação óptica, deve-se ter cuidado na escolha do seu correto local de instalação.

Os sensores de presença devem ser instalados sempre voltados para a área interna das salas, evitando que estes possam captar movimentos fora da área de interesse.

Com o intuito de se evitar alarmes falsos não devemos instalar esse equipamento voltado para:

  • janelas ou porta onde bata muito sol;
  • próximo de lareira, aquecedores, ar-condicionado, sistemas de calefação;
  • entradas de correntes de ar e variação brusca de temperatura.

Os Sensores Infravermelhos Passivos (IVP) são largamente utilizados na segurança eletrônica, devido principalmente ao seu baixo custo, facilidade de instalação e, quando corretamente instalados, baixo nível de alarmes falsos.

A compra dos Sensores Infravermelhos Passivos (IVP) deve ser feita em empresa especializada e sua instalação por profissional técnico capacitado.

 

Contribua com o artigo deixando seu comentário logo abaixo, ele é muito importante para o “Nosso Blog”!

Curta e compartilhe as publicações com seus colegas pelas redes sociais, assim estará colaborando para o fortalecimento e reconhecimento da importância da área de segurança.

Navegue em “Nosso Blog” e descubra outros artigos interessantes e úteis para o seu aprimoramento.

Obrigado pela visita e sucesso na sua carreira profissional!

José Sérgio Marcondes – Autor Artigo

Sobre José Sérgio Marcondes

Especialista em Segurança Privada - CES Consultor em Segurança Privada

Veja Também

Segurança Hoteleira ou Segurança na Hotelaria, Conceitos e Definições

Conceito Segurança Hoteleira  Índice1 Conceito Segurança Hoteleira  2 Importância da Segurança Hoteleira3 Organização da Segurança Hoteleira3.1 A. Segurança ...

Deixe um comentário...

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.