Home / Conceitos Segurança Privada / Controle de Acesso Eletrônico – Recursos da Segurança Eletrônica

Controle de Acesso Eletrônico – Recursos da Segurança Eletrônica

controle de acesso eletrônico
Figura 1 – Exemplos de controle de acesso eletrônico

Sistema de Controle de Acesso Eletrônico

O controle de acesso eletrônico implica num conjunto de medidas administrativas e operacionais, contidas numa política de segurança física,  que restrinja o acesso a determinadas áreas controladas através de dispositivos de bloqueio, os quais podem ser automatizados através de recursos eletrônicos e de informática com o uso de cartão de acesso, senha ou dados biométricos, gerenciados por software de segurança.

O Controle de Acesso Eletrônico, não depende da ação direta do vigilante para identificar e autorizar o acesso ao interior da área controlada.

Seu funcionamento se baseia em software e hardware de segurança, informações cadastradas, meios de identificação como:

  • senhas;
  • cartões de códigos de barras ou proximidade;
  • leitores de características biométricas; e
  • bloqueios como cancelas, catracas e portas.

O Sistema de Controle de Acesso Eletrônico tem como objetivo gerenciar o acesso de pessoas, veículos e materiais previamente cadastrados e identificados por cartão de código de barra, cartão de proximidade ou características biométricas a áreas controladas, para tanto faz uso de um conjunto de recursos integrados.

Todas as informações necessárias para o funcionamento do sistema de controle de acesso eletrônico são cadastradas, registradas e armazenadas em servidor.

Neste servidor também é feita toda a gestão de dados e rotinas do sistema.

Estas configurações determinam as permissões e restrições dos acessos as áreas na qual o sistema foi instalado bem como a emissão de relatórios gerenciais.

Os primeiros recursos eletrônicos utilizados para controle de acesso na segurança física foram os interfones.

Posteriormente foi inventada a fechadura eletromecânica, e com o avanço da eletrônica e da informática foram adicionadas novas tecnologias de identificação ao controle de acesso como:

  • os cartões de código de barra;
  • os cartões de proximidade; e
  • os leitores de características biométricas.

Funcionamento Controle de Acesso Eletrônico

O funcionamento básico do controle de acesso eletrônico se dá através da integração entre software e hardware.

Todos os parâmetros de funcionamento do sistema são configurados nos softwares e o hardware fica responsável por fazer a comunicação do meio de identificação utilizado com o software e também é responsável pelo acionamento do dispositivo de bloqueio.

Software – Qualquer programa ou grupo de programas que instrui o hardware sobre a maneira como ele deve executar uma tarefa, inclusive sistemas operacionais, processadores de texto e programas de aplicação. (http://michaelis.uol.com.br/)

Hardware – Conjunto de unidades físicas, componentes, circuitos integrados, discos e mecanismos que compõem um computador ou seus periféricos. (http://michaelis.uol.com.br/)

Arquitetura Básica Controle de Acesso Eletrônico

Existem muitos fabricantes de software e hardware para sistemas de controle de acesso eletrônico.

Porém independente do fabricante há uma arquitetura básica necessária para implementação do sistema conforme descrito na Figura 2.

controle de acesso eletrônico
Figura 2 – Arquitetura de um controle de acesso eletrônico

Um sistema controle de acesso eletrônico é composto por servidor, rede, terminais de operação, controladoras, identificadores e bloqueios.

Todos esses elementos são integrados entre si de forma que o sistema possa funcionar de corretamente.

Módulos Controle de Acesso Eletrônico

Servidor

O servidor é um computador na qual são instalados o banco de dados e o módulo principal do software de gerenciamento do sistema de controle de acesso.

Terminal

O terminal é um computador na qual é instalado o aplicativo de operação do software.

O acesso a essas funções é configurado de acordo com a atribuição de cada operador de acordo com seu cargo/função.

Câmera tipo Webcam

Utilizadas para captura de imagem´de pessoas que serão cadastras no sistema de controle de acesso.

Controladora

A controladora gerencia o acesso através dos dados recebidos do servidor (listas de cartões, áreas habilitadas, pessoas cadastradas, permissões e rotinas estabelecidas, entre outros).

Gerencia as solicitações de acesso dos leitores, verifica as restrições e autoriza ou nega o acesso conforme o caso.

Todos os eventos detectados nos módulos são informados ao servidor e são armazenados no banco de dados.

Possui interfaces para a conexão de leitores de cartões ou identificadores biométricos, saídas para comandar a liberação dos bloqueios e entradas para confirmação de passagem pelo bloqueio.

Identificadores

Os identificadores são definidos como as tecnologias de identificações utilizadas para identificação da pessoa no sistema.

Podem ser utilizados teclados para digitação de senhas, leitores de cartões (de proximidade ou código de barras), leitores biométricos (identificação de impressões digitais, geometria da mão, reconhecimento facial dentre outros).

Dispositivos de Bloqueios

Os dispositivos de bloqueio são obstáculos físicos utilizadas para bloquear o pontos de acesso das áreas controladas para as áreas de uso comum. 

Atualmente vários dispositivos de bloqueio podem ser integrados ao sistemas de controle de acesso eletrônico,.

São exemplos de dispositivos de bloqueios portas, portões, cancelas, catracas dentre outros.

Meios de Interconexão

É o meio de comunicação que permite a integração de todos meios integrantes do sistema de controle de acesso eletrônico, são as redes de comunicação: Internet, Ethernet, Intranet.

Conclusão

Os sistemas de controle de acesso eletrônico são recursos de segurança eletrônica muito importantes e úteis em diversas aplicações da segurança patrimonial. 

 

Contribua com o artigo deixando seu comentário logo abaixo, ele é muito importante para o “Nosso Blog”!

Curta e compartilhe as publicações com seus colegas pelas redes sociais, assim estará colaborando para o fortalecimento e reconhecimento da importância da área de segurança.

Navegue em “Nosso Blog” e descubra outros artigos interessantes e úteis para o seu aprimoramento.

Obrigado pela visita e sucesso na sua carreira profissional!

José Sérgio Marcondes – Autor Artigo

Sobre José Sérgio Marcondes

Especialista em Segurança Privada - CES Consultor em Segurança Privada

Veja Também

Segurança Hoteleira ou Segurança na Hotelaria, Conceitos e Definições

Conceito Segurança Hoteleira  Índice1 Conceito Segurança Hoteleira  2 Importância da Segurança Hoteleira3 Organização da Segurança Hoteleira3.1 A. Segurança ...

Deixe um comentário...

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.